Quem nunca teve uma dor de cabeça que não insiste em passar? Ou um desconforto no estômago? Quem tem essas queixas, geralmente pega um comprimido e toma sem prescrição médica. Só que algumas vezes o que era para ser solução pode ser um problema, leia mais em nosso blog:

 

Existem diversos remédios que possuem baixo risco quando utilizados sem prescrição médica, mas nenhuma medicação é livre de efeitos colaterais. Os efeitos podem ir de uma reação alérgica ou dor de cabeça a sintomas como: tontura, dependência, problemas gastrointestinais, entre outros.

Os antibióticos são indicados para infecções bacterianas e só podem ser prescritos por um médico. O uso indiscriminado e abusivo desse medicamento pode causar processos alérgicos, como alterações de pele e até dificuldade para respirar.

Os analgésicos e antitérmicos são usados para febre, dores e não necessitam de prescrição médica, mas não quer dizer que ao usar demais não possam causar problemas. Eles podem provocar alergias, choque anafilático, queda de pressão, tontura e etc.

Relaxantes musculares, recomendado para combater dores musculares e articulares. Eles podem levar à dependência, pela sensação de bem-estar que proporcionam. Em pacientes com mais de 65 anos, é desaconselhável o uso dessa medicação, devido ao risco de queda.

Talvez você também se interesse por estes assuntos: