Passado o inverno e o período mais chuvoso do ano, é comum pensarmos que passam também o tempo os problemas de saúde. Afinal, são esses os meses que temos mais contato com o frio e a umidade. Mas infelizmente, a chegada do verão não é sinônimo de fim das enfermidades. Passado o inverno e o período mais chuvoso do ano, é comum pensarmos que passam também o tempo os problemas de saúde. Afinal, são esses os meses que temos mais contato com o frio e a umidade. Mas infelizmente, a chegada do verão não é sinônimo de fim das enfermidades.

Com as mudanças bruscas de temperatura, característica do sul do país, o corpo sofre e fica mais suscetível à infecções. Uma das mais comuns é a amigdalite, inflamação nas amígdalas, que pode ser viral ou bacteriana.

Sintomas da amigdalite

O principal sintoma da amigdalite é o desconforto na garganta. Ela também pode causar febre, inchaço no pescoço, tosse, perda de apetite e até mau hálito.A doença é muito associada a crianças, mas também pode acometer adultos e idosos no mesmo grau.

Como se prevenir da amigdalite no verão

Não é possível garantir que você nunca irá ser afetado por uma amigdalite, mas é possível tomar alguns cuidados básicos para tentar evitar o acometimento. Veja algumas:

  • ● Beba muita água para manter a hidratação do corpo;
  • ● Evite banhos muito quentes ou muito frios para não sofrer um “choque térmico”;
  • ● Respeite os horários indicados para exposição ao sol (evite ficar exposto das 10h às 16h). O clima seco e o calor podem desidratar as mucosas do nariz e da garganta, favorecendo a infecção;
  • ● Evite o uso excessivo do ar-condicionado, bem como as temperaturas muito baixas;
  • ● Cuide da alimentação. Aproveite o tempo quente para consumir mais frutas e verduras;
  • ● Evite ficar muito tempo com as roupas de banho (sunga, biquíni, calção, maiô) molhadas no corpo

Tratamento para amigdalite

O tratamento ideal para a amigdalite só pode ser indicado por um médico. Por isso, é essencial consultar um profissional caso você esteja com dores ou incômodos na garganta. Se o seu caso for de amigdalite bacteriana, é possível que o tratamento seja feito com o uso de antibióticos. Já para os casos de infecção por vírus, o tratamento pode ser mais simples, sem a necessidade desta medicação.

Está com sintomas de amigdalite? Agende agora mesmo sua consulta na Instamed.

Talvez você também se interesse por estes assuntos: